MERGULHANDO NA PALAVRA

NOVA VIDA

TODA SEXTA-FEIRA

TODA SEXTA-FEIRA

LIBRAS

LIBRAS

Páginas

SALMOS

Título: Hebraico – “tehillim” (louvores), embora muitos sejam “tephillot” (orações). Grego – Saltério em referência aos instrumentos de corda.

Data Aproximada: Variadas a.C., sendo a maior parte escrita durante o reinado de Davi e Salomão no décimo século a.C.

Contexto Histórico: Os salmos eram basicamente escritos em situações de dificuldades ou de gratidão.

Escritor:
a) Davi, o principal escritor dos livros de salmos – 72
b) Asafe – 11
c) Filhos de Coré – 2
d) Salomão – 2
e) Moises – 1
f) Etã – 1
g) E 50 são anônimos.

Propósito: O livro dos Salmos contém orações e cânticos produzidos pela experiência religiosa de uma comunidade que adora. O adorador, nos Salmos, toma a palavra para dirigir-se a Deus e repartir as experiências e as aspirações mais profundas da alma: lutas e esperanças, triunfos e fracassos, adoração e rebeldia, gratidão e arrependimento; particularmente, o clamor que surge da enfermidade, da pobreza, do exílio, da injustiça e de toda espécie de calamidades e misérias que atingem a humanidade.

O nosso Senhor Jesus Cristo utilizou os Salmos durante o seu ministério. Assim o vemos, por exemplo, por ocasião da tentação no deserto (Mt 4.6; cf. Sl 91.11-12) ou nos ensinamentos do Sermão do Monte (Mt 5.7, cf. Sl 18.25; Mt 5.35, cf. Sl 48.2; Mt 7.23, cf. Sl 6.8). Além disso, os Evangelhos relatam que, nas suas últimas palavras na cruz, Jesus citou duas vezes os Salmos (Mt 27.46 e Sl 22.1; Lc 23.46 e Sl 31.5).

Através da história, os Salmos têm servido de inspiração tanto para a comunidade judaica como para a comunidade cristã. O povo de Israel expressou a sua fé entoando-os no templo de Jerusalém, e o Judaísmo os tornou parte essencial do culto na sinagoga. A Igreja os adotou tal como estavam e, ao recebê-los, os incorporou à fé cristã, dando-lhes um sentido cristocêntrico. As expectativas messiânicas, originalmente centradas no rei da linhagem de Davi, foram identificadas com Jesus Cristo (At 2.30-31).

Tema: louvai-o em todo o tempo!

Conteúdo dos livros: Os salmos são divididos em cinco livros:
a) 1º livro – Sl. 1 a 41;
b) 2º livro – Sl. 42 a 72;
c) 3º livro – Sl. 73 a 89;
d) 4º livro – Sl. 90 a 106;
e) 5º livro – Sl. 107 a 150;

Nos salmos é ressaltada a palavra louvor que em hebraico é Hallel - “hallel – u – yah” – que significa Louvai ao Senhor.

Os salmos foram escritos para serem cantados.

Por isso em muitos vemos a palavra “Sel”, que significa uma marcação musical, provavelmente uma pausa. Aparece 71 vezes nos salmos.

Idéias dominantes nos salmos:
Confiança – viver no Senhor em tempo de alegria ou de angústia.
Louvor – gratidão e palavras de benção a Deus em todo o tempo.
Regozijo – não deixar que as circunstâncias apaguem a nossa alegria em Deus
Amor leal e inabalável – ainda que seja justo e fique irado, o amor de Deus permanece sobre nós.

Instrumentos musicais: Os israelitas tinham instrumentos de corda (harpa e lira), sopro (flauta, corneta e trombeta) e percussão (tamborim e cimbalos).

Davi tinha uma orquestra de 4000 instrumentistas (1 Cr 23.5).

Salmos messianicos:Sl 2 – a divindade e o reino universal do Mashiach;
Sl 8 – o governo da criação por seu intermédio;
Sl 16 – a ressurreição do mashiach;
Sl 22 – seus sofrimentos;
Sl 45 – sua noiva real e seu trono eterno;
Sl 69 – seu sofrimento;
Sl 72 – a glória e a eternidade de seu reino;
Sl 89 – Deus jura que seu trono será eterno;
Sl 110 – o rei e sacerdote eterno;
Sl 118 – será rejeitado pelos lideres de sua nação;
Sl 132 – herdeiro eterno do trono de Davi;

Curiosidades:
Qual é o capítulo mais curto da Bíblia?
Resposta: Salmo 117

Qual o capítulo mais comprido da Bíblia?
Resposta: Salmo 119

Qual o capítulo que está no centro da Bíblia?
Resposta: Salmo 118. Há 594 capítulos antes do Salmo 118. Há 594 capítulos depois do Salmo 118. Se somarmos esses dois números totaliza 1.188

Qual é o versículo que está no centro da Bíblia?
Resposta: Salmo 118:8: "Melhor é buscar refúgio no Senhor do que confiar no homem"

O salmo 14 é igual ao salmo 53.

O livro de salmos é o maior livro da Bíblia.

O salmo 51 foi escrito após Davi ser confrontado pelo profeta Natã, por ter adulterado com Bate-Seba.

1 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Olá meus queridos irmãos. Paz e graça de Jesus.
Parabéns pelo blog muito edificante. Eu acredito que; crescemos quando lemos, quando compartilhamos. Aprendendo uns com os outros, crescemos na graça e conhecimento da Palavra.
Aproveito a oportunidade para compartilhar também meu blog. Contém ensinos, de crescimento, edificação e exortação, muitos poemas e algumas músicas tudo dentro do carisma evangélico.
Ficarei feliz por vossa visita e muito mais ainda se nos seguir.
Que Deus continue a abençoar-vos ricamente. Antonio Batalha.

18 de junho de 2012 13:17

Postar um comentário